4.6.08

Tiananmen Massacre na China

Em 4 de Junho de 1989, os tanques do Exército Popular de Libertação da República Popular da China (este "Popular" é um insulto à dignidade humana, mas convém lembrar os embustes que esta gente utiliza) entraram de rompante na Praça mais emblemática de Pequim e esmagaram quem encontraram pela frente.

Desde há alguns dias que os estudantes ocupavam a Praça exigindo Democracia, Liberdade talvez influenciados pela visita de Gorbachev e pelas reformas na URSS--"glasnost" e "perestroika".
Calcula-se que tenham sido esmagados-literalmente falando- entre 800 a 2 mil estudantes e cerca de 5 mil tenham ficado feridos. (O mais que insuspeito "Euronews" fala precisamente em 2 mil mortos).
Vergonhosamente, hoje a imprensa em Portugal não dava quase nenhuma relevância ao massacre.
E andaram dias infindáveis a enaltecer o Maio de 68 e as revoltas estudantis da década de 60!

Hipocrisia sem fim!

Etiquetas: ,

15 Comments:

Blogger Carol said...

O aniversário de um acontecimento que nunca devia ter existido, mas que não pode ser esquecido!

4/6/08  
Blogger mariam said...

Por
"por o dedo na ferida"
abanar consciências...
obrigada

um sorriso (triste) :(

4/6/08  
Blogger lichazul...elisa said...

osátiro

un abrazo de paz
gracias por tu comentario en el WUB

lo que ocurre en China así como en otros países o en nuestra América morena es responsabilidad de todos.

4/6/08  
Blogger Tiago R Cardoso said...

Hoje só deu FC Porto.

4/6/08  
Blogger Duarte said...

Lamentavelmente assim é. Veste caro o que todo o mundo leva, e agora tocou o Maio do 68.
Tudo aquilo que tem que ver com grandes desgraças, e mais ainda se está no Oriente, para que remover esse passado tão indigno, pesam eles!
Tivemos em casa assuntos similares e piores ainda, mas disso não se fala, não vende.
Menos mal que alguém como tu tem a valentia de o propagar, apoio-te.
Precisamente a nossa língua, que é rica em vocabulário, é a propícia para plasmar estes feitos.
Obrigado pela visita, aparece sempre que te apeteça e poças.
Eu voltarei.

4/6/08  
Blogger osátiro said...

Obrigado pelas visitas e comentários.
Correndo o risco do blog ficar pesado e negativista, continuaremos a denunciar "aquilo que as pessoas-algumas- não querem ouvir", como alertava Orwell in 1984.

4/6/08  
Blogger Paula said...

Sinceramente, não sabia que tinha sido no dia 4 de Junho.
E também não ouvi comentário nenhum na Tv.
É como dizes:Hipocrisia sem fim!
:)
Bjs!

4/6/08  
Blogger MARTHA THORMAN VON MADERS said...

Coisas que eu não sabia, aqui é um ótimo lugar para se saber mais sobre coisas bem pouco ditas.
fiz postagem nova, apareça por favor.Um abraço
marthacorreaonline.blogspot.com

4/6/08  
Blogger PDuarte said...

Grande post.E mesmo aqui na blogosfera, tão corajosa e arrojada, é a primeira vez que vejo referido esse acto cobarde e barbaro.
Parabéns.

5/6/08  
Blogger Ecclesiae Dei said...

Que coisa... realmente, é muita hipocrisia. Obrigado pela informação, também não sabia que havia sido nessa data.

5/6/08  
Blogger BETTINA PERRONI said...

Caro amigo... esto es para llorar lágrimas de sangre... tristeza, lloran las almas al ver cuan necia es la mentalidad del hombre.

Un abrazo

5/6/08  
Blogger Ângela said...

Devo dizer que vi na TV (não tenho a certeza do canal, mas creio ter sido na RTP) uma reportagem sobre o assunto.
Mas, quase 20 anos depois, é extraordinário que o governo chinês continue sem reconhecer oficialmente os acontecimentos desses dias...

5/6/08  
Blogger Joana Dalila Santos said...

A China tem, infelizmente, mãos cheias de motivos para ter vergonha...

*

5/6/08  
Blogger osátiro said...

Grato pelas visitas e comentários.
A blogosfera seve exactamente para isro: aprendermos todos uns com os outros.

5/6/08  
Blogger MARTHA THORMAN VON MADERS said...

Voltei! não dá para não vir aqui visitar você, Adoro vir aqui. Um abraço

14/6/08  

Enviar um comentário

<< Home