6.8.19

AS MATANÇAS NOS EUA

As matanças em El Paso e Dayton mostraram mais uma vez como os políticos celebridades (!!!), media, redes sociais  embarcaram nos insultos e calúnias contra Donald Trump, vomitando contra ele todas as culpas pelas mortes de inocentes.
Esta intoxicação para a carneirada acéfala começa obviamente no Partido Democrata EUA, nos seus papagaios nas TVs (CNN; ABC; CBS;NBC ) e nas ""estrelas"" de Hollywood, e espalha-se como epidemia pelo mundo, sem qualquer trabalho credível de pesquisa da VERDADE.
Então, vejamos apenas dois factos muito importantes para comprovar, sem margem para dúvidas, os embustes que são espalhados por traumatizadinhos que precisam de escarnecer de Trump para resolver os seus traumas.
Afinal, quem executa o discurso do ódio? E quem autoriza a venda de armas ao descalabro ?
Ao ver, ouvir e ler as intoxicações que se propagam sempre que há carnificinas nos EUA só podemos desejar que as vítimas fiquem em paz, apoio ás famílias e amigos......e ter pena, ter dó, ter muita pena dos débeis mentais que enterram o ódio a Trump nas cabeças ocas, sem qualquer tentativa de procurar a verdade.

Etiquetas: , , , , ,

18.7.19

"HOUSE OF REPRESENTATIVES" VOTA CONTRA IMPEACHMENT DE D. TRUMP

O resultado da votação é uma esmagadora derrota para a ala radical-socialista dos democratas:
332 votos contra e 95 a favor.
Queriam capitalizar os polémicos "tweets" sobre o célebre "squad", um conjunto de quatro representantes democratas que desde a eleição (até antes...) sistematicamente recorrem ao insulto e calúnia de Trump, sendo o mais frequente...usado várias vezes por dia.....motherfucker (FDP), tweets esses que foram considerados racistas em votação na mesma Câmara dos Representantes por 240 votos a favor contra 167.
Esta superior linguagem política do "squad" é, obviamente, escondida e censurada pelos media "progressistas" EUA (CNN; ABC;CBS;NBC;NYT;W:P: etc..) e pela generalidade da comunicação social no Ocidente.
Mas os "tweets" de Trump merecem logo grandes parangonas.
Esta votação é, também, uma derrota pesada e valentes murros no estômago para estes censores que controlam as redacções dos media ocidentais.
Todos os representantes eleitos pelo Partido Republicano (excepto três) votaram contra o possível impeachment; 137 eleitos pelo Partido Democrata votaram contra o impeachment, e 95 a favor.
Tendo em conta a profunda divisão dentro do Partido Democrata, estes votos são uma vitória para a ala mais moderada (ou mais fria e calculista...), de Nancy Pelosi e consequente derrota para os radicais.
Veremos as consequências nas corridas eleitorais dos mais de vinte candidatos que se acotevelam nas primárias democratas à Casa Branca. 

Etiquetas: , , , , , , , ,

28.2.19

VENEZUELA

12.2.19

IRAN E SÍRIA HUMILHAM UNIÃO EUROPEIA

A União Europeia (UE) tem demonstrado uma subserviência inacreditável, um rastejar invertebrado, perante a barbárie islâmica, principalmente iraniana, que reduz a potência económica  europeia a uns meros pedintes lamechas, como se precisasse incondicionalmente dos aiatollahs.
A invasão europeia de "refugiados" islâmicos e as crueldades que praticam com à vontade e quase total impunidade é sinal de uma fraqueza politica hilariante.
Quem não se dá ao respeito, não é respeitado!
Segundo noticia a TV "on line" Saudita Al Arabiya, numa reunião no ministério dos negócios estrangeiros em Teheran no dia 08 de janeiro de 2019, os diplomatas iranianos levantaram se abruptamente da mesa de negociações, saíram da sala batendo com a porta na cara dos diplomatas europeus: franceses, britânicos, alemães, dinamarqueses e belgas. 
Mais que uma quebra intolerável do protocolo, foi um ato de desprezo e desdém dos ayatollahs para com a UE.
Os "diplomatas" iranianos não aceitaram ouvir dos europeus o aviso de que a UE não ia tolerar testes com mísseis balísticos de médio/longo alcance e os assassinatos de exilados políticos iranianos em solo europeu pelas policias políticas islâmicas.
Os Ministros dos Negócios Estrangeiros da UE planeavam uma tomada de posição firme em comunicado oficial no dia 21 de janeiro corrente condenando a interferência iraniana no médio oriente ( cerca de 80 mil mercenários no Iraque; 60 mil na Síria e 20 mil no Yémen...além das armas, incluindo mísseis de curto alcance, fornecidos ao Hezbollah...), e exigindo o fim dos testes com mísseis capazes de transportar armas nucleares.
No entanto, Federica Mogherini, Alta Representante da UE para os Negócios Estrangeiros (defensora acérrima da barbárie islâmica, incluindo a poligamia, apedrejamento de mulheres e casamento de meninas de oito anos, entre outras qualidades civilizacionais...) defende uma diplomacia mais submissa aos algozes iranianos, e travou a publicação do comunicado.
Há uns meses, Mogherini deu um espetáculo degradante de submissão aos carrascos iranianos ao vestir o "HIJAB" em pleno Parlamento iraniano rodeada de deputados em êxtase com tão grande prova de rastejar perante ditadores sanguinários.

Mas o desprezo e desdém pela UE não se fica pelos Ayatollahs iranianos.
O governo de Assad nem deu sequer explicação para esta proibição...
Com Merkel à cabeça, seguida de Juncker e May e o governo sueco, a UE tem protegido de modo infame os violadores/estupradores muçulmanos que assaltam jovens europeias e espalham doenças sexualmente transmissíveis, proibindo que se identifiquem os criminosos pela etnia, país ou ideologia islâmica.
O agradecimento aí está: total desprezo diplomático por Sírios e Iranianos.
Obviamente, sobre este desdém islâmico pela UE nem uma palavra se escreveu ou ouviu em Portugal....
Mas é mais que evidente que, ao meter a cabeça na areia, a UE só provoca mais desprezo e o rastejar submisso de Mogherini faz da UE um palhaço perante a selvajaria de Assad e Ayatollahs..... 
Esta conduta arrogante e de quebra grave do protocolo tem origem, como se compreende, no estúpido e também arrogante e altamente prejudicial apoio da UE ao "Iran Deal" de Obama que permitiu aos ayatollahs receber cerca de um bilião e meio de dólares que, como era de prever, utilizaram para armar milícias mercenárias que espalham por Iraque, Síria e Yémen, e o Hezbollah, com total desprezo pelo povo iraniano a quem se destinava o dinheiro ( se é que Obama não tinha o objetivo secreto de armar os ayatollahs...).
Ao defender o Iran Deal, rastejando perante os ayatollahs, a UE deu um insuportável sinal de fraqueza politica e diplomática, perdendo completamente a face, e tirando o tapete aos protestos populares.

Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

19.1.19

ALEMANHA : CIVILIZAÇÃO DA IDADE DA PEDRA

O caso refere-se a uma das barbáries que a SHARIA, lei islâmica, permite...ou impõe, tal a intoxicação com que é seguida nos mais de 50 países muçulmanos...ou seja, o casamento de meninas desde os oito anos (tal como fez o "Grande Profeta Maomé" que violou e "casou" ----fez um grande favor --- com AISHA quando ela tinha oito anos...há até quem refira seis!).
Tema que é obviamente escondido pelos donos das "ideias" no Ocidente: universidades (sei por experiência própria), politicos, comunicação social, intelectuais.
As TVs do HAMAS são uma das provas irrefutáveis desta selvajaria: todos os anos celebram as festas destes casamentos, com transmissão em direto, chegando a haver centenas. É só procurar no google ou no youtube.
O caso concreto começou na Síria, que alguns tótós teimam em considerar ocidentalizada: dois primos casaram em 2015 sob a sharia: ele com 21 anos, ela com 14 (vá lá...).
Entretanto, deu-se a invasão da Europa por refugiados muçulmanos ( curiosamente, a grande maioria, homens em idade de combater, quando é suposto serem idosos, mulheres e crianças as vítimas das guerras...) e o casal foi parar à Alemanha.  
Os tribunais decretaram a nulidade do casamento, porque na Alemanha a idade mínima é 16 anos. Mas após recurso para o Tribunal Constitucional, este decidiu pela legalidade/constitucionalidade do mesmo, porque era legal na Síria onde se realizou, para espanto das pessoas civilizadas! 
Parece que os doutos juízes não sabem normas elementares do Direito Internacional, ou seja, os atos ou contratos jurídicos praticados em países terceiros têm que ser aceites na ordem jurídica do Estado onde vão produzir efeitos.
Obviamente que sabem; mas trata-se do islamismo, e no Ocidente a ordem é aceitar todas as barbáries e selvajarias, como se os donos da cultura ocidental--onde se incluem os tribunais-- estivessem hipnotizados pela barbárie islâmica que nem na Idade da Pedra. 
E Angela Merkel tem sido das maiores defensores desta barbárie na Alemanha e na Europa, como se sabe.
Esta selvajaria islâmica alastrou por Alemanha, Noruega e Holanda, pelo menos, não sendo de admirar a sua prática na França (onde vivem cerca de oito milhões de muçulmanos) e na Bélgica, onde se situa uma das fábricas de assassinos islâmicos: Moleenbeck.
Os casos reportados não surgem de qualquer avaliação total das comunidades islâmicas, mas unicamente, das meninas que abandonam as escolas......
Ridículo, simplesmente: quantas crianças muçulmanas não frequentam as escolas dos países de acolhimento, porque os país e os donos das mesquitas consideram o ensino infiel e, portanto, as crianças são intoxicadas unica e exclusivamente com o sumo da barbárie: AL QURAN! 

Etiquetas: , , , , , ,

20.12.18

ANGOLA: CALAMIDADE COM CRIANÇAS

Um "Relatório sobre a Pobreza Infantil em Angola - Uma Análise Multidimensional", apresentado hoje, em Luanda, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) de Angola, estudo elaborado com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e financiamento da União Europeia (UE) descreve a situação das crianças em Angola como verdadeira calamidade.

Um dos maiores embustes que a classe dominante em Portugal (políticos e comunicação social; escolas; universidades; "figuras ilustres"; "intelectuais"...) tem imposto aos Portugueses é a da inevitabilidade e sucesso da descolonização.
Na célebre frase de Mário Soares: descolonização exemplar!
Não vou escrever uma enciclopédia sobre os imensos crimes praticados contra os próprios africanos pelos movimentos guerrilheiros e pelas autoridades portuguesas. Só de relembrar que foram os Almirantes Vítor Crespo e Rosa Coutinho, dois autênticos genocidas e criminosos de guerra, os representantes das armas do MFA e de Portugal em, respetivamente, Moçambique e Angola, é suficiente para imaginar o terror que europeus mas principalmente africanos não pertencentes aos grupos comunistas sofreram.
Sobre isso já se escreveu bastante, mas ainda não o suficiente e necessário para saber a História, devido aos preconceitos e chantagens que essa classe dominante impõe a quem diz a verdade.
Vamos falar do século XXI.
Angola é dos países mais ricos do planeta: petróleo, ferro, ouro, diamantes, zonas imensas ricas para agricultura (planalto de Huambo, por exemplo..). Todos sabemos que dezenas de militares de alta patente e dirigentes políticos do MPLA enriqueceram a nível de milhões de Euros/dólares com os negócios de tráfico de armas, petróleo, corrupção tráfico de influências....O  atual Presidente João Lourenço tem descrito e combatido bastante esta gigantesca corrupção.
O povo? O POVO , o imenso povo vive na miséria.
Muito pior do que antes da descolonização!
Vejamos:
Um total de 86% de crianças angolanas dos 0 aos 23 meses estão privadas de uma alimentação adequada e nesta faixa etária cerca de 75% estão igualmente privadas de uma habitação, 71,8% da saúde, 53,8% da água; revela esse estudo.

Recorde-se que o MPLA que governa Angola desde 1975 afirma-se como partido marxista com o objetivo de impôr o socialismo, a tão falada igualdade para todos....
Como a realidade comprova, são estes os regimes com maiores desigualdades e pobreza e miséria extrema.
A UNITA e Jonas Savimbi muito lutaram e deram a vida para combater esta corrupção, e miséria extrema.
Centenas de milhares de mortos em guerras de tribos e de ódio entre africanos a juntar à fome e miséria à vista de quem visita Angola são a consequência bárbara de uma descolonização criminosa para entregar as riquezas e o poder aos agentes da URSS (que enviou os mercenários cubanos, com a ajuda das armas do MFA) para impôr os seus lacaios contra o povo, e sugar as riquezas para os mandantes (URSS) e lacaios (CUBA).

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , ,

25.11.18

HILLARY--E OS REFUGIADOS NA EUROPA

Em entrevista ao jornal Britânico "The Guardian" (extrema- esquerda), Hillary Clinton aconselhou os governos europeus a travar o apoio aos refugiados, porque é isso que está a acender as chamas daquilo que ela chama de extrema direita.
 
E agora, pergunta-se: como vão reagir os profissionais do ódio, insultos, calúnias na comunicação social e na politica e kuultura?
Vão gritar que Hillary é xenófoba, racista, extrema direita, islamofóbica, blá blá, exatamente como caluniam com total impunidade quem propõe a mesma politica que Hillary? ? ?
Com certeza que não! A falsidade e hipocrisia infindável desses traumatizados profissionais do ódio vão levá-los a assobiar para o lado! Criticar um Clinton? Nem pensar....Se não o fazem com os muitos e graves crimes do gang, vão agora preocupar-se com umas palavras sobre refugiados....
Sim, porque esses profissionais da difamação marimbam-se para os refugiados!
Essa cambada, estúpida que nem calhaus, quer a Europa inundada de islamismo. Se a preocupação com a fome e miséria fosse genuína, então a Europa já tinha recebido o povo heroico da Venezuela, que vivendo na miséria e na fome, sob a constante ameaça de morte, resiste a um dos governantes mais nazis, mais execrável e desprezível, mais déspota, tipo Nero de Roma, que existe no mundo ocidental.
Srª Merkel, se é assim tão "direitos humanos", porque não abre as fronteiras ao povo da Venezuela?
 
Curiosamente, John Kerry, um dos homens fortes do Partido Democrata EUA, que sucedeu a Hillary Clinton na Secretaria de Estado (Negócios Estrangeiros) na Administração Obama, exprimiu opinião semelhante no mesmo "The Guardian".
Também vai ter a honra de receber as frustrações dos profissionais do ódio sob a forma de insultos, calúnias já mais do que gastos?

Etiquetas: , , , , , , , ,

12.11.18

SELVAJARIA URSS NA ALEMANHA

Mais um texto sobre factos e acontecimentos escondidos pelos donos das redações dos órgãos de comunicação social, admiradores e defensores tresloucados das selvajarias marxista e islâmica, e muito pior, pelo ensino de HISTÓRIA DO SÉC XX, que pretende intoxicar os alunos com o carácter pacifista e civilizado dos países comunistas.
Estes números constam dos registos dos Hospitais.. o que significa que as violações em massa devem ter sido mais do dobro, porque muitas vítimas vão para casa com vergonha, como sabemos.
Não se pode esquecer a História, gritava-se constantemente no pós 25 de abril.
Pois aí temos a História do embuste URSS gritado até à exaustão pelos marxistas dos media, escolas e politica.
Obviamente, Merkel bateu contra os populismos de direita comprovando que NÃO aprendeu nada com a História; ou é colaborante da selvajaria. Quem abriu as portas a mais de um milhão de "refugiados" muçulmanos e MANDOU ESCONDER AS VIOLAÇÕES/ESTUPROS EM MASSA das autoridades policiais e dos media para não dar má imagem do islamismo?
Já escrevemos sobre esta nova Stasi.
Exatamente o que fizeram os vencedores da guerra com estes crimes asquerosos das tropas URSS...Exatamente o mesmo!
Apenas o número de algozes e de vítimas é diferente. 
Merkel, Juncker, Hollande e os outros admiradores da barbárie nos media, escolas, tribunais, policias são os CULPADOS do nascimento deste populismo que pretende defender o POVO da barbárie.
Os crimes do exército vermelho estão descritos e fundamentados em vários livros. O que serviu de base aos crimes descritos hoje é o livro ‘Beyond Duty: The Reason Some Soldiers Commit Atrocities’ de Walter Zapotoczny Jr.

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , ,

6.11.18

TRUMP: SUPER ECONOMIA NOS EUA

Os dados estatísticos sobre a economia EUA no mês de outubro voltam a demonstrar que D. Trump construiu uma autêntica fortaleza económica.
Foram criados 250 mil novos empregos, e a taxa de desemprego desceu para 3,7%, o que significa pleno emprego.
O total de trabalhadores subiu para 156 milhões e 600 mil pessoas, um número fortíssimo.
Por sectores: na indústria, outubro adicionou 32 mil empregos, o que desfaz frontalmente a teoria de que a politica de tarifas no aço e alumínio estrangeiro iria fazer descer o emprego.
O sector mineiro aumentou 5 mil empregos, a construção 30 mil, o sector da saúde 36 mil, e os transportes e armazenamento 42 mil.
No âmbito da energia, os EUA voltaram a ser o maior produtor de crude, segundo o "The Energy Information Administration" com 11 milhões e 300 mil barris por dia.
O ministro da Energia Russo estimou em 11 milhões e 200 mil a produção diária de crude em agosto e a OPEP estima em 10 milhões e 400 mil a produção diária da Arábia Saudita.
Com esta super economia, era natural que amanhã, dia 06 de novembro, as eleições intercalares dessem uma vitória confortável ao Partido Republicano. Todavia, a odiosa campanha dos principais media (TVs; NYT;Was.Post; L.A.T.) mais as celebridades de Hollywood com presença assídua nos media culpando D.Trump de todos os males do mundo e arredores vão provocar muita indecisão.
À hora em que escrevemos, os Republicanos parecem ter certos 50 lugares no Senado e os democratas 43, havendo luta cerrada para sete lugares; não sendo previsível a vitória dos democratas em todos estes sete, pode-se garantir que os republicanos aumentam a vantagem no Senado.
Quanto à Câmara dos Representantes, a dispersão das eleições abrangendo a totalidade dos 435 representantes torna as previsões mais arriscadas; contudo, os democratas parecem ter assegurado 203 lugares contra 194 republicanos, havendo trinta e oito indefinidos.
De qualquer modo, é tradição as eleições nos dois anos seguintes ao inicio de um mandato presidencial serem derrotas estrondosas para o partido do Presidente: foi assim em 1994 com Bill Clinton e em 2010 com Obama. Os números deste ano demonstram que Trump e o Partido Republicano não irão sofrer essa derrota pesada; pelo contrário, podem subir no Senado, embora a vitória na "House" seja muito difícil.
Entretanto, e como consequência da politica de restrições severas da imigração ilegal, os empregos que seriam entregues aos ilegais deram a possibilidade aos afro - americanos e latinos legais., aumentando a taxa de emprego destas minorias e aumentos salariais.

Etiquetas: , , , , , ,

27.10.18

BOLSONARO vs HADDAD: CORRUPÇÃO EM TODO O PT

Mas também Haddad está envolvido na alta corrupção do PT.
Vejamos casos concretos:
-Pagou 245 milhões de R$ a empreiteiras envolvidas na "Lava Jato" para a construção de um túnel que agora foi suspenso por "indícios de superfacturamento" em 2015. Quem são? todas conhecidas dos corruptos: "OAS" recebeu 221,9 milhões R$; "Odebrecht" recebeu 5 milhões R$; "Andrade Gutiérrez" recebeu 5,4 milhões R$ e a "Queiroz Galvão" recebeu 12,4 milhões R$.
Haddad está a ser investigado em 32 processos ligados à "Lava Jato".
Apesar dos esforços desesperados da máfia da corrupção marxista do PT, que controla os media em Portugal e Brasil, o povo brasileiro mostrou ser HERÓI e veio para as ruas defender a investigação "Lava Jato"e os seus principais protagonistas. Estas gigantescas manifestações populares foram imprescindíveis para obrigar os juízes (ministros na versão brasileira...) do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL a não colocar entraves à investigação e não dar tratamento de favor, ilegal, a Lula.
Recorde-se que os juízes do STF são escolhidos pelo Presidente da República; os juízes/ministros em funções foram escolhidos por Lula e Dilma.
Já no processo "mensalão" Lula - PR estava envolvido, mas foi salvo por um juiz/ministro por ele nomeado: Joaquim Barbosa.
O povo Brasileiro tem dado uma lição ao mundo ocidental na coragem como tem lutado contra a maior corrupção da história da democracia no planeta, com uma determinação e perspicácia tão notáveis que mesmo o STF  foi obrigado a cumprir as leis constitucionais brasileiras.
O tsunami Povo/Bolsonaro derrotou o PT em 412 cidades que eram historicamente afetas ao PT, sendo que, em 138 dessas, obteve mais de 50% dos votos.
O povo do Brasil merece a libertação do marxismo corrupto, criminoso, e ideologicamente chantagista do PT.
Vai obter essa libertação em 28 de outubro de 2018.  

Etiquetas: , , , , , , , , , ,