17.10.17

INCÊNDIOS: NEGLIGÊNCIA CRIMINOSA DO GOVERNO

A catástrofe dos incêndios neste ano não tem semelhança alguma com outros anos.
Falamos de bens e animais perdidos, mas principalmente no número proibido de vítimas mortais:
UMA CENTENA!
Nunca tal havia acontecido!
Já em Pedrógão Grande e concelhos vizinhos a incompetência, irresponsabilidade e desprezo do Governo ( e dos serviços que dele dependem) atingira níveis insuportáveis.
Foram as alterações dos dirigentes da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), substituindo profissionais experientes por betinhos ignorantes lacaios da maioria parlamentar; foi o desprezo pela situação do SIRESP; foi a clamorosa falta de meios eficazes de combate, foi o colocar a GNR no escuro para informar as pessoas em pânico...enfim, um manancial de erros crassos que responsabilizam os "responsáveis"!
Chegou o dia 30 de setembro e o governo decreta o fim da época de incêndios (fase "Charlie"), com a arrogância típica de quem vive o poder com total cinismo e desprezo pelas populações!
Claro, naquelas cabeças de ditadores com o rei na barriga, a natureza ia obedecer ao governo.....
O que fizeram os crâneos?
- Fecharam os 276 postos de vigia;
- Diminuíram os meios aéreos de 48 para 18, dos quais só dois funcionam;
- Retiraram quatro mil....sim, escrevi bem...quatro mil homens das funções de prevenção e combate aos incêndios!
Tudo isto apesar dos aviso da Liga dos Bombeiros Portugueses de que a situação a partir de 01 de outubro até podia piorar!
Também o IPMA mantinha as previsões de continuação de tempo seco e quente após o dia um de outubro, ou seja, seca prolongada propícia a incêndios.
E caso para perguntar se esta geringonça é composta por dementes mentais, com tantas evidências de que o perigo ia continuar.
E para cúmulo, também o relatório da "Comissão Independente" sobre a catástrofe de Pedrógão Grande, elaborado no âmbito da Geringonça, previa a hipótese muito séria de se repetir a tragédia de Pedrógão Grande!!!
Com tudo isto, creio não haver dúvidas da responsabilidade não só política, mas também civil ( indemnização dos danos) dos culpados das mortes e das perdas de bens.
Não é só o Estado, Entidade abstrata, porque não soube cumprir as suas funções de defesa da vida dos portugueses.
É, essencialmente, o conjunto de pessoas concretas, do governo e de outras entidades, pela negligência grosseira ( ou mesmo dolo eventual), de acordo com o artigo 14º do Código Penal, que devem ressarcir famílias das vítimas e pessoas que sofreram danos patrimoniais e morais.
Para isso existe a Lei da Responsabilidade Extra Contratual dos Titulares de Órgãos de Soberania e Outras Entidades Públicas!
O POVO deve exercer com firmeza, segurança, afastando qualquer indecisão, os seus direitos nos Tribunais!



Etiquetas: , , , , , , , , , ,

14.10.17

DILMA ROUSSEFF

Como já se esperava, notícias sobre a enorme corrupção das Presidências Lula e Dilma são escondidas e censuradas em Portugal.
O lobby da corrupção nas redações dos media controla a "honestidade" da escumalha de esquerda.
verificou-se o mesmo com José Sócrates. Durante meses, só o grupo "Cofina" dava conta das negociatas criminosas do "Eng."; Público e JN/DN, três dos pasquins de referência (LOOOL), não diziam quase nada: Público porque só defende a podridão (Corrupção; ateísmo; esquerdalhada; LGBT; selvajaria islâmica; pedofilia; zoofilia;) DN/JN porque o Presidente do Conselho de Administração, Daniel Proença de Carvalho, foi/é advogado da área cível de Sócrates, e porque o Oliveira da Olivedesportos teve tratamento de favor da CGD de Vara, Santos Ferreira/Guterres. Assim se explica que Sócrates tenha sido o analista das eleições autárquicas de dia 01/10/2017 na TV "Porto Canal", ligada ao FCP (por seu turno, dependente da Olivedesportos, cuja chantagem sobre árbitros deu muitos campeonatos ao FCP.
Sobre Lula, praticamente só falam nas sondagens que o dão em primeiro lugar para as próximas presidenciais....mas com menos de 30% dos votos. Ou seja, os fanáticos intoxicados pela cassette marxista do PT;PCB, PC do B; etc...
Lula tem cerca de dez processos crime, com muitas provas, incluindo o testemunho dos corruptores (Odebrecht, etc) e dos amigos (Palocci, etc).
Os processos de Dilma andavam mais atrasados, mas não significava que não fosse corrupta e vigarista.
Não é processo crime: mas é um sinal. Porque os Juízes do Supremo Tribunal Federal são nomeados pelos Presidentes. Ou seja, os atuais juízes do STF foram lá colocados por Lula e Dilma.
É também um ato de coragem perante as constantes ameaças/chantagens de Lula e Dilma contra a investigação "Lava Jato", que inclui...como sempre....as arruaças, destruição de bens, invasões...levadas a efeito pelos tresloucados revolucionários de esquerda.
Tal como nos EUA os "Antifa" pagos por George Soros para "defender" os Clinton e "derrubar" Trump......destruindo, destruindo..

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

9.10.17

DESCOLONIZAÇÃO EXEMPLAR E CORRUPÇÃO EM ANGOLA

DESCOLONIZAÇÃO EXEMPLAR:
Frase célebre de Mário Soares: símbolo do cinismo, da hipocrisia, do desprezo pelos seres humanos inocentes assassinados, e de vaidade: querer ficar na História como Estadista da Paz.
Bem: houve quem fizesse muito pior, e aqui as responsabilidades maiores vão para o MFA!
Como se pode falar de Rosa Coutinho e/ou Vítor Crespo como heróis?
Sé se forem heróis escroques, vermes, sanguinários.
A História, obviamente, vai ser contundente: a descolonização foi sanguinária, cruel, tanto para brancos como para africanos: especialmente para estes, porque não "retornaram" a Portugal.
E com a saída de Portugal, o poder ficou entregue a máfias assassinas e corruptas, especialmente em angola, país riquíssimo, que tem sofrido saques autênticos pelas máfias do MPLA e das Forças Armadas.
Com a mudança de Presidente em Angola, José Eduardo van Dunem dos Santos (curiosamente, ESCONDEU SEMPRE do povo o apelido van Dunem, ligado aos boers, ou seja, aos brancos do apartheid na África do Sul!), decretou, antes de sair, mais privilégios e mais poderes para roubar e enriquecer para a sua mafiosa família.
A História vai massacrar o MFA e jagunços, e seus aliados ladrões em África!

Etiquetas: , , , , , ,

7.10.17

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS DE 2017 (II)

Afinal, o PCP (CDU) também perdeu as eleições!
E de que maneira: Almada, praça forte há dezenas de anos, Barreiro, símbolo da barbárie leninista em 1974/75, Beja, etc..
Almada é um "case study": a candidata do PS ( a Presidente Inês de Medeiros) é um flop de plástico, egocêntrica, vaidosa, elitista, sem ideias ou pretensões de interesse público..e com tendência para a vigarice!
Sim, a menina mimada que queria que os impostos do povo lhe pagassem as inúmeras viagens Paris-Lisboa-Paris quando foi deputada pelo PS.
Por uma vez, concordo com Jerónimo de Sousa: são as populações que vão perder!
Mas o PCP tinha um candidato com más provas dadas; ou seja, havia uma grande perplexidade para os eleitores de Almada..
Como explicar as derrotas e descida de votação no PCP (baixaram pela primeira vez dos 500 mil votos) no total dos votos?
GERINGONÇA!
O PCP tem uma obsessão em controlar os seus eleitores. Para isso, utiliza via CGTP, a constante revolta, indignação, exigências absurdas, greves, contestação furiosa, enfim, toda uma agitação social para "defender" os trabalhadores, pobres, reformados....
Ora, com a geringonça, o PCP amoleceu, amenizou o discurso, esqueceu as greves, meteu a contestação na gaveta, continuou a berrar contra o PSD/CDS, encostou-se ao PS, cheio de remorsos por ter ajudado a cair o governo da corrupção, da bancarrota, da destruição de boas empresas (como não se via desde 1975!) de Sócrates.
Perdeu o controlo dos eleitores nos grandes centros urbanos, anestesiados com o bom entendimento da geringonça.
E o futuro?
DILEMA!
Ou tenta recuperar os eleitores transviados, enveredando por movimentos anti-governo e põe em causa a geringonça; ou continua o apoio á geringonça, mas com jogo duplo: contestação e apoio.
No primeiro caso, pode haver eleições antecipadas  e o risco de nova derrota, visto que os eleitores podem não entender o "salto mortal"...
Na França, Miterrand acabou com o PCF quando o chamou para o seu governo: pois, tirou - lhes a contestação; e na França o PCF sempre foi maior que os pequenos grupelhos socialistas que elegeram Miterrand.
Será que António Costa vai acabar com o PCP, sendo certo que o objetivo da geringonça era acabar com a tenebrosa direita.....que recuperou o país da bancarrota e da alta corrupção socialista?
Ironias da política...
E para quando a investigação séria e profunda da corrupção que enterra A. Costa até à raiz dos cabelos na Câmara de Lisboa?

Etiquetas: , , , , , , , , ,

5.10.17

FALECEU JALAL TALABANI

Jalal Talabani, o primeiro Presidente do Iraque após a queda de Saddam Hussein, de 83 anos, faleceu ontem na Alemanha, onde se encontrava hospitalizado.
Foi também o primeiro iraquiano de etnia curda e não árabe a assumir a presidência, iniciada em 2005 e terminada em 2014.
Após a invasão do Iraque em 2003 por uma coligação liderada pelos EUA, que derrubou Saddam Hussein, um árabe sunita, a diplomacia EUA tentou colocar em altos cargos do Iraque representantes dos três maiores grupos existentes no país: xiitas, sunitas e curdos.
Assim, a Presidência (sem grandes poderes) seria entregue a um curdo, o governo ao partido que ganhasse eleições, ou conseguisse formar governo, e a Presidência do Parlamento a um sunita.
O grupo mais numeroso era e é xiita, ocupando o sul do país, com grandes afinidades ao Irão. Os sunitas encontram-se mais no centro, incluindo Bagdad (onde, todavia,  há o célebre bairro xiita al Sadr, de 2 milhões de pessoas, chamado Saddam Hussein na ditadura deste, e que constituiu o maior foco de insurreição anti EUA, liderada por Moqtad al Sadr, xiita, como o pai).
Os cristãos, caldeus e assírios, cerca de 1 milhão e 500 mil antes de 2003, viviam essencialmente no centro norte, planície de Nínive e Curdistão, embora também haja comunidades espalhadas pelo sul.
As primeiras eleições relativamente livres ocorreram em fevereiro de 2005. Foram ganhas por uma coligação xiita liderada pelo ayatollah al Sistani, figura carismática de oposição frontal a Saddam, com 47,6%, ficando em segundo lugar a coligação curda com 25,4%, e em terceiro o partido do xiita Iyad Allawi, de tendência secular, ex primeiro ministro do governo provisório, com 13, 6%.
A abstenção rondou os 59%, muito porque os sunitas não participaram.Devido à repressão sangrenta que os curdos sempre sofreram no Iraque (como na Turquia, Síria e Irão pós Khomeiny...), juntou-se ao Partido Democrático do Curdistão de Mustafá Barzani - pai do atual líder do Curdistão iraquiano, Massoud Barzani, que liderou o sim pela independência do Curdistão Iraquiano no recente referendo - na grande revolta curda de 1961.
Mais tarde, fundou a União Patriótica do Curdistão por divergências com Massoud Barzani.
Foi um constante lutador pela independência do Curdistão, amigo e defensor dos Cristãos, (tal como Barzani) que encontraram no Curdistão porto seguro contra as perseguições cruéis e sanguinárias de sunitas e xiitas mais dedicados á violência.
Talabani era uma figura consensual, de diálogo, muito bem aceite pelas várias etnias, o que lhe valeu uma relevância superior aos poderes de presidente. Encontrou-se várias vezes com o Papa Bento XVI, com quem discutia essas perseguições, ele que bem sabia o que era sentir na pele esse sofrimento.
Apesar de atualmente os media venderem, como dado quase científico, o embuste da inexistência de armas químicas na posse de Saddam, Talabani sabia muito bem dos milhares de curdos (e xiitas) assassinados por Saddam que mandara envenenar alguns rios no Curdistão, dizimando aldeias e pequenas cidades. O nome do General Ali, de cognome o químico, diz bem das atrocidades da era Saddam.
Depois do tempo de paz e prosperidade resultante das "non fly zones" estabelecidas na sequência da guerra de 1991 ( os aviões EUA e R.U. impediam os aviões e tropas de Saddam de utilizar 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , ,

30.9.17

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS DE 2017

Dia 01 de outubro realizam-se as eleições autárquicas de 2017. As previsões são fáceis de elaborar: vitória esmagadora do PS, derrota esmagadora do PSD, manutenção do PCP (CDU), do CDS e do BE, neste caso, como insignificante.
A derrota do PSD não vai ser tão catastrófica como em 2013; nesse ano, para além de sofrer o ódio da população por causa da troika, cometeram-se erros gravíssimos, em especial por Miguel Relvas, quer na gestão das candidaturas e campanhas, quer essencialmente como ministro com a tutela das autarquias.
Neste ano, (2017) o PSD tinha obrigação de obter melhores resultados: vai subir, mas pouco, ou seja, o PS não terá, muito provavelmente, a presidência das 140 Câmaras que conquistou em 2013. Não estando a sofrer os efeitos do "memorando" que tirou Portugal da bancarrota, era natural (e dever) que o PSD subisse mais.
Os erros políticos da era Pedro Passos Coelho (PPC) são muitos, graves, incompreensíveis. Começaram em 2011, quando não revelou a VERDADE ao Povo sobre a bancarrota socialista- socrática: milhões de portugueses, intoxicados pelos embustes da esquerda e extrema esquerda, e aliados nos media, viviam mergulhados no ódio de que a troika veio a Portugal para roubar aos "pobres" a dar aos "ricos"; ainda hoje se encontram estas "alucinações" nas redes sociais. Sobre a bancarrota (e nem falo na corrupção), nada!
Em 2017, a direção PPC voltou a cometer erros crassos, que começaram na ausência de oposição ao governo, no dar a cara por casos estúpidos (livro de Saraiva; tentativa do PS silenciar Sócrates, etc), utilização de discurso abstrato, redondo, frases alegóricas, extensas, tipo Sampaio, que nada dizem ao povo dos metro, carris, CP; somando erros da estratégia eleitoral: escolha de péssima candidata em Lisboa, super péssima campanha, vazia, sem ideias nem projetos. Desconhecendo totalmente esta candidata, ela tem razão: na resposta à 3ª pergunta fez uma síntese notável de programa eleitoral. Candidato no Porto com discurso violento, ríspido, sem projetos. E mais erros em Municípios relevantes: Gaia, Sintra ( os milhões de Horta), Oeiras... O tão caluniado (des)Ventura, em Loures, vai ser, obviamente, uma surpresa positiva. Talvez nos municípios mais pequenos, o PSD consiga minimizar a derrota esmagadora devido à social democracia profunda de Francisco Sá Carneiro que ainda resiste.
O PS só teve que gerir sem alaridos nem escândalos a vitória de 2013. Medina foi/é o pior Presidente da História de Lisboa pós 25 de abril (pelo menos); no Porto a perspetiva de ganhar apareceu, ironicamente, com o escândalo Moreira/Pizarro.
O PCP tem a preocupação essencial de "controlar" Câmaras com dimensão que lhe permita dar emprego aos militantes...e obter receitas. E vai manter.
CDS ressurgiu em 2013, e talvez se aguente.
O BE não existe.
Sem dúvida o PS teve a sorte ( que era difícil imaginar..) de lhe cair nos braços uma excelente situação económica; também isso contribui para o bom resultado.
O PSD vai entrar em ebulição e guerras fratricidas; vão aparecer alguns candidatos a suceder a PPC. Apesar dos muitos erros, creio que vai continuar, o que significa governo PS, com ou sem geringonça, por vários anos.
Exceto...pois  exceto....se a selvajaria islâmica se lembrar de Portugal.
Como se viu em Tancos, descontrolo no aeroporto de Lisboa, descoordenação total no combate aos incêndios....a tragédia será enorme.

Etiquetas: , , , , , , , ,

24.9.17

MERKEL: SEMI VITÓRIA E A CRISE POLÍTICA QUE SE APROXIMA

Bom, ganhou é uma parábola....
Ficou em primeiro lugar.
A coligação CDU (Democracia Cristã) e CSU (União Cristã Social, ramo da Baviera) obteve 33% dos votos.
Na história da Alemanha da Democracia (verdadeira), é um péssimo resultado vencedor.
Normalmente, ultrapassam os 40%.
E porquê tão poucos votos?
1-ÓBVIO: porque Angela Merkel não defendeu os cidadãos alemães perante a "epidemia de crimes islâmicos" praticados por refugiados e falsos refugiados.
2-ÓBVIO: os tribunais e media e intelectuais também são muito culpados por esta criminalidade infindável: quer porque absolvem criminosos, quer porque insultam e caluniam em total impunidade quem diz a VERDADE sobre o islamismo (islamofobia; xenofobia; racismo; populismo..etc).
Se tivermos em conta que na última legislatura a "AFD" não tinha um único deputado, temos de concluir que a grande vitória é da "AFD"...e que os lacaios da selvajaria islâmica, na política, nos tribunais, e nos media tiveram uma derrota catastrófica.
Mais: a ditadura tecnológica (assim chamada pela importância de Google, Facebook, Twitter, etc.) foi um interveniente importante nas eleições a favor de Merkel e contra a AFD: só o facebook, bloqueou mais de trinta mil contas que descreviam a realidade dos atos dos carniceiros islâmicos, incluindo vídeos. 
3- ÓBVIO: se fosse MÃE , PAI ou a própria VÍTIMA de VIOLAÇÃO, (por exemplo, na estação de comboios de Colónia no fim de ano 2015/16, em que mais de 500...quinhentas...mulheres foram atendidas em hospitais, sem contar com aquelas que, envergonhadas, não se queixaram, como acontece sempre nas violações) por bandos execráveis de muçulmanos, o que achava da política de "open borders" de Merkel? Pois, no mínimo, criminosa.
Como os "analistas" não compreendem o pulsar do POVO, e preferem ou alinham na onda ateísta jacobina de desculpar com desespero tresloucado os crimes islâmicos, agora dizem que foi....surpresa!
Tal como aconteceu com a vitória de Donald Trump nos EUA....
 
Merkel vai ter grandes dificuldades em formar governo!
Os outros partidos não têm deputados suficientes para garantir maioria no "Bundestag", com exceção da AFD, que, obviamente, vai combater Merkel e nunca fará coligação.
Embora os alemães sejam racionais e pragmáticos, o que vem aí é uma crise política grave para os padrões alemães e, por inerência, para a União Europeia.
No limite, poderá haver novas eleições e talvez sem Merkel...e a sua política criminosa de abandonar os simples cidadãos à selvajaria islâmica.

Etiquetas: , , , , , , , ,

18.9.17

VITÓRIA POPULISTA NA NORUEGA

Realizaram - se segunda - feira, dia 12, eleições legislativas na Noruega.
O partido trabalhista fez das fronteiras abertas aos refugiados um tema central da campanha.
Perdeu!
Pela primeira vez na história da Noruega, a coligação de centro direita no poder ganha as eleições, e mantém-se no governo.
Até agora, sempre que esteve no poder, a coligação perdia as eleições.
No parlamento de 169 deputados, o centro direita elegeu 89.
O partido mais polémico é o Partido do Progresso frontalmente anti "open borders".
Mas não foi "castigado" pelos eleitores...
Sabemos que a Noruega é um dos países com melhor nível de vida e de desenvolvimento humano do mundo.
Com 5 milhões de habitantes, faz do petróleo a sua principal riqueza.
mas ao contrário de outros países, o petróleo tem servido para dar nível de vida a toda a população. Não serve para umas dezenas de "donos" do país encherem contas bancárias de muitos milhões.
Criou um "fundo soberano" que irá servir para manter o nível de vida quando o petróleo acabar; esse fundo investe onde sabe que há segurança no investimento: é, por exemplo, um dos maiores compradores da dívida pública dos EUA. (a ideia dos EUA estarem dependentes da China é totalmente errada...)
Estas eleições mereceram pouca atenção e relevância em Portugal. Compreende-se: foi a direita que ganhou, e com políticas anti imigração e anti refugiados.
Não recearam os habituais insultos e calúnias dos lacaios da selvajaria: islamofobia, xenofobia, populismo, racismo.
E não venham com o embuste que o povo norueguês é racista...
Ou seja, ainda há na Europa quem não seja escravo da máfia islâmica de petróleo, e saiba defender as suas populações, em especial, as mulheres jovens, da selvajaria islâmica fundada no AL QURAN e no PEDÓFILO MAOMÉ.

Etiquetas: , , , , , , ,

15.9.17

A SUPERIORIDADE MORAL DE ISRAEL

Israel é dos Estados do planeta mais insultados e caluniados.
Normalmente, por políticos, jornalistas e intelectuais de esquerda,  ateus de preferência.
Refiro-me ao Ocidente. No mundo islâmico, é ponto obrigatório para a maior parte dos países a aniquilação de Israel e dos judeus: há poucas e honrosas exceções!
É a normal, mais que gasta e contínua estratégia do nacional - socialismo e de Hitler!
O pretexto é a ocupação ou anexação dos "territórios palestinianos"..
Quando a ONU criou Israel como suposto porto seguro das perseguições socialistas dos nazis e dos comunistas soviéticos, na terra que, historicamente, lhes pertencera....(as milhões de provas do governo da região pelo império romano o atestam...) esperava-se que os muçulmanos aceitassem a resolução da ONU.
Porque era da ONU; e porque antes NÃO SE FALAVA EM POVO PALESTINIANO ISLÂMICO, NEM TERRITÓRIOS PALESTINIANOS!
Yasser Arafat, por exemplo, nasceu no Cairo.....na década de 1920!
Quem levou a cabo a guerrilha contra os ingleses, que tinham o mandato para governar aquela região, foram os judeus; nada de muçulmanos!
O ódio neo nazi aos judeus manifesta-se diariamente: os media repetem até à exaustão "Estado Judaico" quando noticiam algo sobre Israel!
Ora, sendo a ÚNICA DEMOCRACIA NO MÉDIO ORIENTE (por mais que custe aos defensores da selvajaria islâmica) Israel tem cidadãos não judeus, especialmente muçulmanos (cerca de um milhão!), com identidade de cidadãos israelitas, incluindo o direito de votar e ser eleito!!!
Poucos países no planeta dariam tais direitos fundamentais a cidadãos de etnias que querem destruir o próprio Estado onde vivem.
E esses eleitos (deputados) no Parlamento Israelita (KNESSET) não se coíbem de insultar o próprio Estado que representam ..obviamente, com a esperada calúnia ""fascista""!
Foi exatamente o que gritou uma deputada muçulmana perante uma multidão...que, é obrigatório realçar, não a violou, nem a chicoteou, nem a matou, nem a esquartejou...apenas repeliu os insultos, e deixou HANIN ZOABI usar a liberdade de expressão!
Já em post anterior demonstrámos o HUMANISMO DO ESTADO DE ISRAEL NA DIVERSIDADE DE ETNIAS NUM HOSPITAL DO ESTADO.
Imaginem em quantos países uma situação destas seria possível: só, evidentemente, naqueles que a esquerda psicopata e traumatizada apelida de capitalistas, fascistas, blá blá blá...

Etiquetas: , , , , , , ,

2.9.17

TRUMP "RACISTA"; "NAZI"::LUTHER KING E BOB KENNEDY

Após os incidentes e vítimas da manifestação em Charlottesville, não faltaram insultos e calúnias contra Donald Trump, porque ele disse que havia culpas de ambos os grupos de manifestantes.
Até na Casa Branca, isso provocou polémica...
Na realidade, a manifestação pelo general Lee era realizada com frequência e estava autorizada.
A contra manifestação (dos chamados ANTIFA, grupos ligados à ala esquerda do partido democrata, aos LGBT...) que desde a eleição de Trump vêm promovendo manifestações violentas, deitando fogo a automóveis, destruindo lojas, obstruindo ruas......e recebendo 15 dólares/hora pelo "trabalho", pago por GEORGE SOROS, o maior especulador financeiro do planeta, e financiador mor de Obama e dos Clinton.
Mas nem todos os cidadãos americanos NÃO ligados ao Partido Republicano concordam com o "shutdown" de Trump.
Encontrámos dois nomes acima de qualquer suspeita que apoiam Trump, mesmo depois de Charlottesville.
ALVEDA KING, sobrinha - neta de MARTIN LUTHER KING, apoiou Donald Trump!
ROBERT KENNEDY JR, filho do Senador e Attorney General assassinado Bob Kennedy e sobrinho do Presidente assassinado John Kennedy, fez uma declaração extraordinária: Trump pode vir a ser o maior Presidente da História dos EUA porque vem de fora da politica, não está preso ao "establishment" de Whashington, D.C.!
Obviamente, os media EUA  e europeus não deram relevância a estas declarações!
Papagaios das "fake news" da CNN e NYT, fanáticos tresloucados da left-wing do partido democrático e dos lobby LGBT e Hollywood, ainda não perceberam que martelar falsidades não muda a realidade da politica EUA.

Etiquetas: , , , , , , , ,