3.10.08

A Frase

A propósito das casas arrendadas aos amigos, durante décadas, pela Câmara Municipal de Lisboa, a frase da semana.
"Este triste assunto não deve transformar-se num auto da fé de B. B. [Baptista-Bastos]e de Ana Sara Brito. Por todas as razões, sobretudo a de que o assunto é muito maior que eles. O que está em causa, e não será de mais repeti-lo, é o que de pior existe em qualquer administração pública - a opacidade, o favorecimento discricionário, a assunção dos bens públicos como propriedade de "quem está" e o seu tráfico entre escolhidos. Se em vez da "atribuição" de casas estivéssemos a falar da de envelopes de papel pardo com notas lá dentro, estaria já tudo aos gritos, a começar por Sá Fernandes e Helena Roseta, esses indomáveis campeões antinegociatas. Mas, como na lenda da Rainha Santa, o dinheiro está transformado em casas. Pode-se fazer de conta que não se passou nada."
Fernanda Câncio, in DN

Etiquetas: ,

2 Comments:

Blogger freespirit said...

Dinheiro disfarçado é o q não falta. O problema é q a voz já não chega para gritar a tanta coisa. A resignação tenta vencer...

3/10/08  
Anonymous Cãndida said...

não me venham dizer k agora ninguém sabia nada! a kem é kerem enganar!?

5/10/08  

Enviar um comentário

<< Home