1.10.08

Acordo Ortográfico

Mais um texto de Vasco Graça Moura sobre o malfadado acordo ortográfico. Incisivo e substantivo na sua análise.
"António Emiliano apresentou provas documentais (manual de estilo da Wikipedia e lista dos Locale ID and Language Groups da Microsoft) de que são consideradas inúmeras variantes ortográficas nacionais em línguas como o inglês, o espanhol ou árabe, o que não lhes impede a projecção mundial. No caso português, a lista da Microsoft apenas considera o português do Brasil (Portuguese-Brazilian) e o português padrão (Portuguese-Standard), isto é, apenas duas variantes contra 15 para o inglês e 20 para o espanhol."

Etiquetas: ,

10 Comments:

Blogger Filoxera said...

Pois... porque será que há dois pesos e duas medidas?

1/10/08  
Blogger Evandro said...

Prezado "O Sátiro", gostaria de, em primeiro lugar, agradecer a você por sua visita ao meu blogue (O Cruzado Missionário) e, aproveitando o ensejo, convido a visitar o outro blogue que possuo, "O Multiluso" - [ www.omultiluso.blogspot.com ].

Evandro

1/10/08  
Blogger Kátia said...

Querido,eu sou contra o acordo.Acho que cada um deve preservar suas particularidades e dialetos.Para que alinhar?

Beijo!

1/10/08  
Anonymous Gaúcho said...

Osátiro, obrigado por sua visita no MOVCC(Movimento e Vigília). Sobre esse "acordo", o que podemos dizer por aqui, do nosso lado, é que a corja de Lula da Silva vai faturar alto com essas mudanças envolvendo ortográficas que envolvem MILHÕES DE REAIS em verbas do Ministério da Educação. O Lula é um ANALFABETO funcional que não gosta de ler e muito escrever. Ele nunca dominou o português porque não vê serventia no estudo. Lula é um homem chulo e grosseiro que, seguramente, só está enxergando CIFRÃO na frente, diante da possibilidade de DESVIAR AS VERBAS para a reedição de livros escolares.

1/10/08  
Blogger Lilian said...

Olá, vim retribuir a visita! Volte sempre!

2/10/08  
Blogger Edna Federico said...

Isso vai dar uma confusão....gente, pra que mudar?
Afff...

2/10/08  
Blogger osátiro said...

Amigos Evandro e Gaúcho e Lilian lá irei ler os vossos posts interessantes.

2/10/08  
Blogger osátiro said...

Pois, Filoxera, tem toda a razão: dois pesos e duas medidas que vão gerar confusão, como diz a Edna.
Bjs

2/10/08  
Blogger osátiro said...

Kátia: eu estou um pouco dividido, mas já fui contra.
Os meus colegas docentes do blog- como o autor do post e a Almàjanela- têm opinião mais fundamentada.
Bjs

2/10/08  
Blogger Evandro said...

Prezado osátiro, não sou contra a padronização da ortografia portuguesa, só que o que me chateia é que é uma reforma absurda, querem porque querem, tem de ser na marra!
Retorno do k, w, y para quê? Achava que fosse para voltarmos a escrever "Paraguay", "Niteroy", "wisigodo", "kilômetro" (ou kilómetro), mas não!
São simplesmente para a grafia de palavras estrangeiras... Se fosse por isso, não era nem necessário isso.

3/10/08  

Enviar um comentário

<< Home