22.1.09

Discurso Epistolar- Pessoa (I)

27-11-1903

Meu querido Ormond,

Tendo chegado ao fim da tua petulante composição,cuja principal intenção é não provar aquilo que tem sido provado como não provado, tirei daí a apta conclusão de que quanto mais depressa um ponto final for posto nesta discussão asinina, melhor será para a estabilidade dos nossos intelectos. Muitas controvérsias são agradáveis e até refrescantes para as mentes perturbadas, já que o exercício da luta pela superioridade estimula todos os poderes não exercitados do cérebro, mas quando caem na parvoícee levam à mais grosseira obscuridade, são mais próprias para enevoar a mente e provocar o ridículo nos poderes racionais dos vários antagonistas.(...)
Cartas, Fernando Pessoa, edição de Richard Zenith, Círculo de Leitores, 2007

Etiquetas: ,