5.3.09

Sudão-crime contra a humanidade

aqui e aqui se escreveu sobre o autêntico genocídio a que se assistia no Sudão, muitas vezes covardemente ignorado por uma comunicação social politicamente acéfala. Finalmente, o Tribunal Penal Internacional (TPI) decidiu intervir e emitir um mandado de captura contra o Presidente desse país. Mas, pressurosa, a China veio em defesa da barbárie.
"A China opõe-se a qualquer acção que possa interferir com a situação pacífica no Darfur e no Sudão", disse Qin Gang, porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros.
Ler o resto da notícia no Público.

Etiquetas: ,