17.12.08

Irão Selvajaria Islâmica

Correndo o risco de ser repetitivo, NUNCA é demais denunciar o ritual islâmico de matar mulheres à pedrada.
Ao contrário do que dizem alguns especialistas em desculpar e branquear a selvajaria islâmica, isto não é tradição: é regra de conduta da Sharia que se vai espalhando, enquanto caminhamos no séc XXI: além do Irão,Somália, Nigéria Muçulmana (a Nigéria Cristã tem um Código Penal civilizado), Sudão, tribos do Afeganistão e Paquistão.
Os casos selvagens que hoje revelamos, encontrados no blog do amigo Juan Dazibao, são:
-uma mulher enforcada por ter matado o marido violador de uma filha dela;
-uma mulher lapidada por ter relações sexuais fora do casamento (como sempre, as garantias de defesa e de imparcialidade do julgamento são quase nulas!). Ler aqui.
E, como sempre, denunciamos os sectores "evoluídos" que desculpam e até defendem esta cultura!

Etiquetas: , ,

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

olá alma linda!
dm

17/12/08  
Blogger Canela said...

Pouco mais me ocorre, a não ser: "ÓH! Meus Deus!"

Comentário tão pequeno, e, tão pobre... tal e qual me sinto diante destas barbaridades......

18/12/08  
Blogger Juan said...

Obrigado, Osátiro por el enlace!
Pues de vez en cuando dedico algún post a los coptos. En los últimos 30 años, han sido asesinados más de 4.000, y siguen los mahometanos con sus crímenes de cristianos con impunidad. Me sumo, por supuesto, a tu iniciativa.
Saludos.

18/12/08  
Blogger Juan said...

http://freecopts.net/english/

18/12/08  

Enviar um comentário

<< Home