3.12.08

Greve

Os números são esmagadores. Mais de 90% de adesão à greve por parte dos professores. Por mais eufemístico que seja o discurso do ministério, até eles reconhecem que houve "adesão significativa". A casmurrice e a cegueira da ministra e dos ajudantes impedi-los-ão de tirar daí conclusões óbvias: a inadequação e o disparate que consiste em insistir num modelo de avaliação completamente obtuso. Este espaço também serve para dar conta de sentimentos e emoções. E reconheço que, hoje, ao ouvir os noticiários da hora de almoço, nos vários canais de televisão, uma forte emoção se apoderou de mim. Por ver que a maioria dos meus colegas não se deixa intimidar ( por mais mails que enviem a tentar dissuadir os professores...) pela arrogância de uma equipa ministerial que está a desmoralizar uma classe docente, a prejudicar os alunos e a acabar com a escola pública. Em tempos apelidei esta ministra de "ameba". É bem pior que isso. É um ser viscoso*, uma nódoa, desprezível e ignóbil.
Manifesto Anti-Lurdes
Morra a Lurdes, morra! PIM!
Uma geração com uma Lurdes a cavalo é um burro impotente!
Uma geração com uma Lurdes ao leme é uma canoa em seco!
A Lurdes é uma cigana!
A Lurdes é meia cigana!
A Lurdes saberá técnica, saberá de formação, saberá medicina, saberá fazer ceias para sócrates, saberá tudo menos legislar que é a única coisa que ela faz!
A Lurdes pesca tanto de poesia que até faz sonetos com ligas de duquesas!
A Lurdes é uma habilidosa!
A Lurdes veste-se mal!
A Lurdes usa ceroulas de malha!
A Lurdes especula e inocula os concubinos!
A Lurdes é Lurdes!
A Lurdes é Maria!
Morra a Lurdes, morra! PIM!
(...)
A Lurdes em génio nem chega a pólvora seca e em talento é pim-pam-pum!
A Lurdes nua é horrorosa!
A Lurdes cheira mal da boca!
Morra a Lurdes, morra! - PIM!
A Lurdes é o escárneo da consciência! Se a Lurdes é portuguesa eu quero ser espanhol!
A Lurdes é a vergonha da intelectualidade portuguesa! A Lurdes é a meta da decadência mental!
E ainda há quem não core quando diz admirar a Lurdes!
E ainda há quem lhe estenda a mão!
E quem lhe lave a roupa!
E quem tem dó da Lurdes!
E ainda há quem duvide de que a Lurdes não vale nada, e que não sabe nada, e que nem é inteligente, nem decente, nem zero!
Morra a Lurdes, morra! - PIM!
(Manifesto Anti-Lurdes, adaptado de Almada Negreiros)
*do Lat. viscus. m.,
Bot. planta lorantácea parasita de várias árvores (carvalho, pereira, etc. );

Etiquetas: , ,

2 Comments:

Anonymous vitor m said...

Sinto já "alguma saudade" dos esgares sinistros da sinistra, na TV. :-))
Será que sócrates a mandou calar, ou terá sido ela quem decidiu pôr-se à sombra dos socretinos secretários?

3/12/08  
Anonymous Anónimo said...

Querido, Espanhol, tu?
Tens mais tendência para os Países lusófonos, no entanto continuo convosco.
Bjos ml

3/12/08  

Enviar um comentário

<< Home