6.11.09

Medina Carreira sem papas na língua

Em entrevista ao jornal Expresso, Medina Carreira igual a si próprio: directo, frontal, corrosivo!
Como aperitivo esta declaração:
- Gosta pouco de pessoas de espectáculo, com muito de marketing.
- Detesto-os. Detesto fantochadas. Aliás, não os vejo. Quando aparece o Sócrates na televisão, eu mudo de canal. Para espectáculo, vou ao circo.
Ó senhor doutor, só não lhe perdoo esta:
- E ainda sofre pelo Benfica?
-Não. No tempo em que eu andava por lá, o Benfica era o clube principal de Portugal. Hoje é uma coisa assim secundária, como o Vitória de Setúbal ou assim. Já não há ambições, temos de nos restringir nos nossos horizontes. E o futebol caiu numa cegada parecida com a política... Não tenho paciência.
Mas isso é coisa que se diga do Glorioso?!
Para ler a entrevista na totalidade,clique aqui.

Etiquetas: