29.4.08

Previsões económicas para Portugal

As previsões económicas para Portugal, segundo o relatório da Primavera da Comissão Europeia, são negras para o país. No fundo, apenas vêm confirmar aquilo que o cidadão comum sente no seu dia a dia. Aproximando-se um ciclo eleitoral, o governo tenta passar a mensagem que a crise passou, aponta para níveis de crescimento económico impossíveis de concretizar e que organismos internacionais se encarregam de desmentir. De acordo com essas previsões, aponta-se o seguinte cenário para 2008:
- crescimento económico: 1,7 % ( o governo aposta em 2,2%);
- inflação: 2,8% (previsão do governo de 2,1);
-desemprego: 7,9%
Comparativamente, com outros países, Portugal crescerá muito menos, não se percebendo a demagogia de Sócrates quando afirma que continuaremos a convergir com a União Europeia. Com o atraso que revelamos em relação a outros, deveríamos ter um crescimento do PIB à volta dos 4-5 %, e não os valores que são esperados.
Tomemos como exemplo a Eslováquia:
- O ritmo de crescimento médio da sua economia, considerando o intervalo de 2001-2009 será de 6,1%;
- Cresceu 10% no ano passado e, para este ano, prevê-se 7%.
Segundo as estimativas da Comissão Europeia, Portugal vai ser ultrapassado, já no ano que vem, pela Estónia e Eslováquia, no ranking dos países mais desenvolvidos da Europa, e a economia não vai convergir com a média europeia.

Etiquetas: , ,