1.8.11

O (Não) Colapso dos USA

O acordo para se obter uma subida do limite de endividamento federal USA foi um parto difícil.

Para nós, Europeus, a discussão à volta do incumprimento federal americano dava a ideia de que os USA estavam também à beira da bancarrota.

Ora não é bem assim.

A discussão só existia porque há uma lei que fixa o LIMITE do endividamento federal, algo que o PSD e CDS queriam inserir na nossa Constituição e que, obviamente, os partidas da esquerda não aceitam....para eles, o governo pode aumentar dívidas e consequentes impostos como quiser.

E esse limite já tinha sido alcançado em Junho; por isso, com obrigações para cumprir em dois de Agosto que ultrapassavam esse limite, o governo federal ficava com os braços presos.

A situação não tem paralelo connosco, porque em Portugal não há lei ou norma constitucional que estabeleça limite para os gastos (e correspondentes cobranças de impostos), o que levou, no caso concreto, o governo socialista de Sócrates a assumir dívidas e compromissos do Estado até níveis astronómicos, em especial, com as Parcerias Público-Privadas.

Nesta ligação a um jornal brasileiro on - line, desmonta-se outra "verdade" sobre os USA: a de que não há segurança social no país do capitalismo.

Pura mentira. Ali se pode ler os valores bem altos que o governo federal USA vai pagar com os sectores mais desfavorecidos da população americana.

Obviamente, estas notícias não constam das TVs, rádios e jornais Portugueses....como se essa censura inventasse uma nova verdade sobre os USA!

Etiquetas: , ,