15.7.11

Imposto Extraordinário.

Creio que ninguém gosta de pagar impostos.


Ainda para mais se forem extraordinários, como este que vai ser cobrado em Dezembro.


Mas com a obrigação de chegar ao fim de 2011 com um défice orçamental de 5,9%, e como o Governo Socialista-Sócrates-Máfia com Experiência na Maçonaria deixou o poder com défice superior a 9%, era inevitável criar receita extra e cortar ainda mais na despesa.


Sócrates e afins não largavam as grandes obras públicas para os amigalhaços ganharem lucros fabulosos.


Este governo já mandou rever essa loucura, sabendo-se que nalguns casos poderá haver lugar a indemnizações...resultado de gestão criminosa socialista.


Ao contrário do Governo socialista-maçónico (que revelou um desprezo insultuoso pelos pobres, reformados agrícolas, em suma os mais desfavorecidos...) o Governo PSD/CDS procurou, dentro do possível, não agravar quem menos pode.






O que significa que este Governo está no bom caminho.


Basta relembrar que a pensão dos reformados agrícolas é de 227€/mês...e que NÃO TEVE PELO MENOS UM € DE AUMENTO EM 2010!!!




Em 20.07.2011: Como o cálculo do imposto incide sobre o valor líquido, significa que apenas os rendimentos superiores a 550€/mês serão taxados:

Etiquetas: , , , , , ,