23.11.11

Confissão da Bancarrota (II)

As dificuldades económicas e financeiras que se abatem sobre os portugueses são muito duras.



Serão ainda mais em 2012.



O que é espantoso é ver o receio, o medo, uma espécie de vergonha (acordos de avental?) do actual Governo em dizer a realidade, em explicar a razão de ser da medidas impopulares, em dar ao Povo os números reais, com frontalidade e franqueza.



É inacreditável ser preciso ouvir e ler os antigos "governantes" a explicar a necessidade da subida de impostos, taxas, e corte nos salários e subsídios!!!






Tal é a dimensão da bancarrota herdada de Sócrates, ou seja, da "Máfia Socialista com Experiência na Maçonaria"



Mas que é feito de PPC e Vitor Gaspar?



Não dizem toda a verdade ao Povo...?Ainda por cima não sendo os culpados da bancarrota!?



Gaspar só sabe dizer mal do Alberto João Jardim?



As negociatas das PPPs, das E.P.E.s, do BCP-CGD não merecem qualquer comentário de Vitor Gaspar?



Perante a contestação da máquina stalinista dos sindicatos, e dos lacaios da máfia nos "media", este Governo vai ter muitas dificuldades...



Mas ainda não perceberam isso?



Têm medo de falar da bancarrota socialista?




Em tempo (24.11.2011): A Ficht também considera necessário recorrer a mais ajuda externa.

Etiquetas: , , , , , ,