4.11.08

Avaliação de professores

A ministra da educação anda distraída. O processo de avaliação não está a decorrer como ela diz e deseja.
"Desmentem-se assim as alusões, contraditórias entre si, em jornais diários de hoje, a suspensão, adiamento, atraso ou interrupção do processo de avaliação [...] Qualquer outra visão só pode derivar da vontade de criar ruído e perturbar o direito dos docentes a serem avaliados", afirma o gabinete da ministra Maria de Lurdes Rodrigues, em comunicado.
Duas observações:
- não é um direito dos docentes, é uma obrigação da ministra;
- a avaliação está a avançar...parada.

Etiquetas: ,

1 Comments:

Anonymous vitor m said...

Não é o pov(ã)o que diz que "cego é quem não quer ver"?
Pois descobri(mos) que temos uma ministra cega e, com a idade que tem, já nem Braille aprende...

4/11/08  

Enviar um comentário

<< Home