12.7.10

Desprezo Socratino Pelo Interior

" O Governo não está a abandonar o interior.
As pessoas é que estão a abandonar o interior"
Gritou histérico o Secretário de Estado dos Transportes na Assembleia da República.
Com certeza, a inteligência do personagem não é muita para perceber que "as pessoas" abandonam o interior porque o Estado (governo Socrático) manda fechar centros de saúde, escolas, etc...e contribuir para que as pessoas procurem, com toda a legitimidade, centros urbanos onde existam as necessidades básicas de qualidade de vida.
Com a arrogância, demagogia e cinismo que o caracteriza, Sócrates decretou há semanas que "era criminoso manter escolas abertas com menos de 21 alunos..."
Mas com 22 já não é criminoso? O fio da criminalização é assim tão ténue?
E onde estão os estudos pedagógicos e científicos que decretam 21 como número mágico?
E, até agora, mantendo escolas com menos de 21 alunos, o governo Sócrates não foi criminoso? A "criminalidade" só apareceu no ano 2010?
Ver os fundamentos das medidas que este governo toma é o sinal inequívoco da incompetência, da ignorância, da falta de sentido de Estado, do desprezo pelas populações.

Etiquetas: , ,