5.9.11

Soares e a Tróika

Mário Soares tem sofrido nos últimos quinze anos derrotas humilhantes.

Perdeu as eleições para Presidente do Parlamento Europeu...para uma mulher, imagine-se, Nicole Fontaine. Nem sequer lhe deu os parabéns, e chamou-a de dona de casa.

As feministas, (supostamente "progressistas" e de esquerda) ficaram caladinhas numa demonstração clara de falta de carácter, personalidade e coluna vertical.

Perdeu as eleições presidenciais em 2006 (queria ser entronizado Rei no centenário da República)...e inclusivé, nem ganhou a Manuel Alegre, suprema humilhação!

Tem sido demais.

Depois, sofre do trauma de ter andado de chapéu na mão como primeiro-ministro em 1977 e 1983/84 a pedir dinheiro aos capitalistas tendo sido obrigado a assinar dois Acordos com o FMI.

Não se percebe este trauma.

A culpa nem foi bem dele. Em 1977, foi por causa da destruição da economia portuguesa pelo MFA/PCP e lacaios em 1974/75 ( a herança do Estado Novo ainda garantiu três anos aos criminosos do MFA...).

Em 1983, foi por causa da crise petrolífera.

Mário Soares quer apagar essa imagem da História (como se fosse possível!!!). Fartou-se de berrar em defesa do assassino Saddam contra G.W.Bush (curiosamente, anda caladinho com o rabo entre as pernas, sobre as execuções sumárias de Obama...).

Nada gritou contra os Chineses (nem ele nem os outros defensores de Saddam...) em defesa do Tibete, invadido há mais de cinquenta anos.

Agora, movido pelos traumas e raivinhas anti-FMI, foi à Universidade de Verão da JSD berrar contra a "Tróika" que "entrou por aqui dentro"...

Ora, a Troika só entrou porque foi convidada......pelo Governo do partido ao qual pertence.

Ao entrar, a Troika prometeu, e tem cumprido, emprestar 78 mil milhões de €uros para evitar a bancarrota iminente resultante da governação da "Máfia Socialista com Experiência na Maçonaria"...que teria sido, obviamente, desastrosa, ficando o País sem €uros para comprar alimentos, combustíveis (para M Soares se passear no luxo!), medicamentos, etc...

Esse empréstimo paga juros de somente 3,5%...enquanto os outros empréstimos que o Estado Português pede aos capitalistas que têm dinheiro (Árabes; Chineses; Fundos USA e Europeus...) pagam juros que vão de 5% a mais de 20%.

A demagogia barata de quem não tem coragem em enfrentar os problemas, o populismo de quem precisa de lambe botas, a arrogância e o analfabetismo foram a base da intervenção de M. Soares em Castelo de Vide.

Teve sorte: a plateia era composta por jovens ainda mais analfabetos, sem o mínimo de consciência nacional, de cabecinhas ocas...que gritaram "Soares é fixe".

AH: a Troika vem aí com 12 mil milhões de €uros do empréstimo!

Se M. Soares é contra a entrada da Troika, está disposto a emprestar esses €uros tão necessários a Portugal?

Etiquetas: , , , , , ,