20.6.08

As Catacumbas da Igreja Católica

Sobre o papel do Papa Pio XII ( que os caluniadores de serviço profissionais chamam "Papa de Hitler") na II Guerra Mundial, obrigatório consultar esta ligação.
Aqui se comprova como Pio XII ajudou secretamente Judeus a fugir ao Holocausto, em relatos de sobreviventes dos campos de concentração, recolhidos por "Rome Reports" e a "Fundação Pave The Way"; muitos destes factos eram até desconhecidos no Vaticano, tal o secretismo e a perigosidade da acção do Papa.
Nos dois mil anos de vida, tem sido recorrente a Igreja Católica viver em Catacumbas-o período mais negro foram os três primeiros séculos sob o Império Romano, entre os animais do Coliseu e os subterrâneos das catacumbas-, mas continua actual nas campanhas de calúnias( como esta de Pio XII) ou mesmo na morte.
No Ruanda, dois capitães confessaram-se culpados do assassínio de três Bispos e mais nove católicos, http://www.oecumene.radiovaticana.org/BRA/Articolo.asp?c=213314.
No Canadá, o Arcebispo de Lyon Cardeal Philippe Barbarin relembrou os dezanove católicos barbaramente assassinados na Argélia nos anos noventa:
http://www.oecumene.radiovaticana.org/BRA/Articolo.asp?c=213155
Mortos por serem católicos.
E muitos mais se podiam enumerar.
Nos 50 anos da morte de Pio XII, estes relatos são contundentes contra a mentira espalhada: mas foi muito tempo de calúnia.

Etiquetas: ,

12 Comments:

Blogger MARTHA THORMAN VON MADERS said...

Na verdade a calúnia existe até hoje.Um abraço
marthacorreaonline.blogspot.com

20/6/08  
Blogger Mari said...

Já estava quase indo para Portugal, rs
Que bom!!!
Amigo, bom final de semana para você, sua família, para vitor e alma..
mari
____________

Quanto ao post, muito forte....
Quantos não morrerram, ninguém quase fala!
Em verdade, trata-se de um holocausto ao longo do tempo e vem até os dias de hoje atingindo os católicos.
Nunca me esqueço dos irmãos japoneses, morreram abraçados. Preciso saber o nome deles.

20/6/08  
Blogger elsa nyny said...

Testemunhos muito importantes e que devem ser sempre lembrados!
bjts

20/6/08  
Anonymous Anónimo said...

Já agora, a talhe de foice, relembrem-se os inúmeros anglicanos assassinados pelos católicos irlandeses do IRA.
deo gratias

20/6/08  
Blogger Yelva Toledo said...

obrigada pelas sementes

20/6/08  
Blogger caminante said...

La Iglesia Católica fue y será perseguida. Tenemos la certeza de que nunca sera vencida: No tengáis miedo -dice Jesús- Yo he vencido al mundo.
Y la Cruz es el Trono donde vence Él y cuantos le siguen.
Y Jesús sigue sufriendo en Dakfur... y tantos sitios. Recemos y ayudemos con todo lo que podamos.
Un fortísimo abrazo.

20/6/08  
Blogger Marcos said...

Osário,
passo aqui para agradecer sua passagem no blog http://diversaosadia.blogspot.com/

Volte sempre.

Deus lhe abençoe.

20/6/08  
Blogger Maria João said...

Olhemos por todos os que morrem inocentemente...


beijos em Cristo e Maria

20/6/08  
Anonymous vitor m said...

Não acho que perseguir quem quer que seja por razões de religião, de filosofia, de ideologia, etc possa ser aceitável, seja em que contexto for.
Mas insistir na tese dos coitadinhos dos católicos (para mim tão criminosos quanto o foram/são outras confissões...) revela uma forma de ver a História algo estreita...

20/6/08  
Blogger osátiro said...

VM, boa tarde.
A questão é que estes dados são esquecidos,propositadamente, creio eu pela comunicação social.
Como as notícias sobre erros( e invenções, como O Dan Brown) da Igreja inundam media, livrarias, é necessário dar a conhecer esta realidade- que não foi há centenas de anos, acontece constantemente.
Aliás, é meu objectivo tornar estes posts mais frequentes.
Abraço.

20/6/08  
Blogger osátiro said...

Anónimo, a questão do IRA é mais social/política do que religiosa.
Alías, as cúpulas do IRA não eram católicos praticantes.
E têm muito mais razões de queixa os católicos dos anglicanos...
O exemplo não lhe saiu bem: os católicos no Ulster são mais pobres do que os anglicanos/unionistas e foram segregados desde que Isabel I matou a prima católica Maria Stewart e desencadeou chacinas contra os católicos com o pretexto de que a queriam derrubar do trono.
Abraço.

20/6/08  
Blogger Ver para crer said...

Um mártir é uma testemunha da fé.
Que eles peçam por nós e pelo mundo cheio de ódio.

21/6/08  

Enviar um comentário

<< Home