16.10.08

Cuba e Baltazar Garzon

Baltazar Garzon é um dos Juízes mais conhecidos do Mundo.
Foi dele que partiu o mandado de captura contra Pinochet, contra Ossama bin Laden (embora este caso seja mais ridículo e irónico do que eficaz) e contra inúmeros terroristas da ETA.
Recentemente, voltou a ser notícia por querer investigar os desaparecidos do temo do Franquismo.
Mas: então e Cuba?
Não investiga o corajoso Juíz os assassinatos aos milhares na ilha do gangue Castro? Parece que não; o que aponta para um sectarismo insuportável na leitura e aplicação da lei.
Vejamos: segundo um relatório da Câmara Ibero-Americana de Comércio/Stanford Research Institute, entre 1959 e 2004, Fidel, Raúl e capangas entretiveram-se com:
-Fuzilados no "paredón": 56.212;
-Assassinados extra-judicialmente:1.163;
-Presos políticos mortos por falta de assistência médica, tortura ou causas naturais:1.o81;
-Fuga pelo mar: mortos ou desaparecidos:77.824;

Total: 136.288 cubanos mortos pela ditadura Castro.

Todos nós conhecemos pessoas célebres que só têm elogios para esta máquina de matar. Mais, consideram-se pessoas cultas, mentalmente sãs, às vezes "progressistas". E, não é raro,ocupam cargos decisivos no ensino (em todos os graus), "cultura", música, comunicação social.
E, obviamente, deturpam e impingem a ilha mortuária como paraíso; assim como as 72 virgens para os terroristas islâmicos ( por alguma razão se desculpam e defendem mutuamente).
Aí está uma razão influente para este país ( e mundo, não é só apanágio nosso) andar cheio de violência, guerra, fome e miséria.
Mas a verdade virá sempre ao de cima!
Na Argentina, o advogado Javier Vigo pediu a um Tribunal a prisão de Fidel e Raúl por treino e apoio a um grupo terrorista que assassinou o capitão Humberto Viola e a sua filha criança (entre muitos outros).
Vai ser muito curioso acompanhar este caso e ver como os Juízes entendem o que seja "Direitos Humanos" e "Crimes contra a Humanidade".

Sobre o herói Ernesto "Che" Guevara ( a propósito de um filme daquelo tipo de gente que descrevi):
"CHE A Vida Em Vermelho" de Simon Montefiore

Etiquetas: , , ,

3 Comments:

Blogger Juan said...

A Garzón se le han escapado un terrorista de ETA y dos importantes narcos. Además, parece que no le interesa descubrir qué policía avisaba a los etarras cuando se les iba a detener. Garzón es un payaso y un mal juez que está muy cerca de la prevaricación.Ahora, pide el certificado de defunción de Franco ... es grotesco.
Saludos.

18/10/08  
Blogger FINA FLOR said...

é querido, a situação de Cuba não é tão romantica quanto alguns pintam, já estive por lá e posso dizer que o regime é crueeeeel.

beijos e obrigada por sua visita

MM.

20/10/08  
Blogger osátiro said...

Lapso:
O livro sobre "CHE" foi escrito por Jorge Castañeda.
Peço desculpa aos leitores e aos autores.
Montefiore escreveu sobre as atrocidades de Estaline.

6/11/08  

Enviar um comentário

<< Home