25.10.08

Este Sócrates!

Este primeiro-ministro é um espanto.Diz ele sobre a actual crise

"Uma lição para quem achava que o Estado não devia intervir no mercado."

Se tinha essa certeza por que razão não interveio antes de a crise acontecer? Por que não agiu em vez de reagir? A pulsão estatizante veio ao de cima ou será mero oportunismo político? Eu também concordo que o Estado deve ter um papel regulador no mercado. Discordo completamente que seja o motor da economia. Ou essa intervenção do Estado fica-se pela realização de grandes obras públicas que vão beneficiar as grandes empresas de construção civil? É que depois a gente lê esta notícia e fica desconfiado dessa intervenção do Estado...

Etiquetas: , ,