3.2.11

Tirania Islâmica

O mundo islâmico está em convulsão.
Ou melhor, está a cair de podre.
Já tínhamos previsto, principalmente com base no Irão, que, mais tarde ou mais cedo, as revoltas do POVO simples e humilde e das pessoas mais esclarecidas com acesso a outras culturas, principalmente a partir da internet, iriam provocar um terramoto generalizado desde o Magreb à Indonésia e Maldivas.
ERA UMA PANELA DE PRESSÃO PRESTES A EXPLODIR.
As sociedades islâmicas caracterizam-se por serem arcaicas, retrógradas, tribais, com estruturas sociais (classes) muito rígidas e um totalitarismo cultural (semelhante ao marxista) incubado no Al Corão.
Praticamente, o povo apenas conhece, por imposição brutal desde há mais de mil anos, as regras cruéis (principalmente para as mulheres) do Al Corão...que vão desde as matanças de mulheres em público à pedrada até aos casamentos forçados de "NOIVAS" de oito anos...copiando aquilo que Maomé fez já sexagenário em que casou(???) com AISHA, menina de oito anos, depois de a ter violado.
A comunicação social portuguesa sempre apregoou chorrilhos de mentiras sobre o Islão e os países de maioria muçulmana, onde as minorias nacionais e os emigrantes não islâmicos são tratados como cidadãos quase escravizados.
A Alinaça das Civilizações (onde pontifica Jorge Sampaio) tem sido cúmplice desta barbárie de forma vergonhosa e covarde, com os aliados objectivos dos "media" que não questionam as selvajarias do poder político e islâmico nesses países.
Mesmo agora isso acontece demonstrando, de forma clara, a cultura desumana e cruel que a comunicação social e os sectores políticos e "intelectuais" de esquerda defendem, desesperados e raivosos, juntamente com os tiranos mais assassinos do Islão.
Durante as revoltas no Egipto, Mubarak foi chamado de ditador com total facilidade; idem, com Ben Ali da Tunísia, precisamente os países onde o progresso laico, cultural e tecnológico permitiu a muito jovens aceder às culturas Humanistas do Ocidente...e exigir democracia, liberdade e direitos humanos.
Agora, um dos maiores assassinos do Islão-KHADAFI- já não merece honras de "Ditador" na comunicação social, na esquerda, em Obama...enfim, nos aliados das monstruosidades islâmicas.
É o regime de Khadafi!!!
Até Basílio Horta classificou a Líbia como País estável!!!
Onde estão Sampaio, MSoares, Ana Gomes, MPortas, BE em geral, PCP em geral, CGTP, até o MDM, Boaventura S.Santos, Adalberto Alves, Canotilho, Farinha e aqueles grupelhos neo-nazis que encharcam as ruas em manifs contra Israel?
Obviamente, estão ao lado dos assassinos, dos tiranos, da barbárie, da escumalha da Humanidade!
Por isso, NÃO VENHAM COM TRETAS DE DEMOCRACIA, LIBERDADE E DIREITOS HUMANOS.
Não merecem crédito e consideração!






Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , ,