6.1.12

Krugman e a Bancarrota

Paul Krugman, Prémio Nobel de Economia, e ícone da esquerda "moderada" escreveu no seu blog pessoal artigo arrasador para o Governo Sócrates e a sua "Màfia Socialista com Experiência na Maçonaria"

Veja-se só, de acordo com o jornal "i":


As projecções sugerem que alguns países europeus estavam numa trajectória orçamental insustentável muito antes da crise financeira e 2008-09, caso da Grécia, Portugal e Reino Unido", pode ler-se na página pessoal do Nobel da Economia.
Krugman comenta o estudo sobre o endividamento europeu realizado por Gianluca Cafiso, antigo consultor do BCE, e defende que Portugal e Grécia, mesmo antes da crise já apresentavam um endividamento de 150% do PIB, e que rapidamente poderiam voltar a cair no círculo vicioso da dívida.
O economista critica a resposta política de combate à crise de que “os excessos orçamentais eram o grande vilão”.
“Para entender o que isto quer dizer, é preciso notar que o PIB combinado da Grécia e de Portugal é pouco mais de 500 mil milhões de dólares, ao passo que o de Espanha, Irlanda e Itália vale mais de 3,5 biliões, explicou, acrescentando que “as economias agora em dificuldades, medidas pela grande importância económica, estavam a tomar medidas fiscais sustentáveis antes da crise."

E pronto:

incompetência grave no seu esplendor.

Etiquetas: , , , ,